Defesa de hospital quer que CRM atue em processo de judicialização da Saúde

Conselheiro, Isaías Lopes da Cunha

O advogado Alex Cardoso, que representa o Hospital Santa Rosa, solicitou ao Conselho Regional de Medicina de Mato Grosso (CRM-MT) o ingresso da entidade no processo aberto pelo Tribunal de Contas (TCE), que apura a situação da judicialização da Saúde no Estado. O hospital quer que o CRM-MT participe do processo na condição de amicus curiae.

 

Os procedimentos administrativos do TCE foram instaurados depois da conclusão de uma investigação feita pelo Ministério Público Estadual para apurar eventuais ilegalidades na contratação de serviços de saúde em decorrência de decisões judiciais, que previamente foram objetos de um Pedido de Providências do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT).

 

O processo está suspenso por pedido de vistas pelo Conselheiro Isaías Lopes da Cunha, com previsão de retomada para a próxima quarta-feira (18.12).

 

Compartilhe

Publicações Relacionadas

De volta ao Tribunal de Contas do Estado (TCE-MT) após quatro anos e 10 meses de afastamento, o conselheiro Sérgio Ricardo fez questão de…