PGR denuncia 15 pessoas, inclusive 4 desembargadores, por venda de sentenças no TJ da Bahia

PGR justiça trabalhista direito sindical

A Procuradoria Geral da República (PGR) denunciou nesta terça-feira (10.12), 15 pessoas, entre elas 4 desembargadores e 3 juízes estaduais, por organização criminosa e lavagem de dinheiro. As acusações foram encaminhadas ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), decorrente de um inquérito que descobriu a venda de sentenças no Tribunal de Justiça da Bahia e outros crimes, que tinham como objetivo permitir a grilagem de terras no oeste baiano.

 

Entenda o caso:

STJ referenda prisões e o afastamento de magistrados da Bahia

Polícia Federal investiga vendas de sentenças na Bahia e STJ afasta desembargadores

 

Compartilhe

Publicações Relacionadas

De volta ao Tribunal de Contas do Estado (TCE-MT) após quatro anos e 10 meses de afastamento, o conselheiro Sérgio Ricardo fez questão de…