Pela primeira vez, Tribunal Superior do Trabalho será presidido por uma mulher

diretoriaTST

O Tribunal Superior do Trabalho (TST), elegeu durante sessão extraordinária, a ministra Maria Cristina Peduzzi para presidir a Corte e o Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT), no biênio 2020-2022. A ministra será a primeira mulher a presidir o Tribunal e terá como vice-presidente o ministro Vieira de Mello Filho. A posse da nova direção será realizada durante a sessão solene do dia 19 de fevereiro de 2020.

Mais informações AQUI

 

Compartilhe

Publicações Relacionadas

De volta ao Tribunal de Contas do Estado (TCE-MT) após quatro anos e 10 meses de afastamento, o conselheiro Sérgio Ricardo fez questão de…