MPF é contra extinção de ação civil pública para adoção de medidas de segurança em Serra do Mangaval

bernardo-machado-vice

O Ministério Público Federal (MPF) em Cáceres-MT  (219,2 Km de Cuiabá), se manifestou contra a possível extinção de Ação Civil Pública (ACP), ajuizada na Subseção Judiciária da cidade  contra o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit). Na ação proposta na Justiça Federal, o MPF requeria ao Dnit a adoção de medidas de segurança na BR-070, no trecho conhecido como Serra do Mangaval, circunscrição de Cáceres.

A ação foi motivada pelos alarmantes índices de acidentes no referido trecho, por conta da velocidade excessiva com que os motoristas transitam pelo local e a insuficiência de medidas de segurança de tráfego, de responsabilidade direta do Dnit.

 

Mais informações AQUI

Compartilhe

Publicações Relacionadas

De volta ao Tribunal de Contas do Estado (TCE-MT) após quatro anos e 10 meses de afastamento, o conselheiro Sérgio Ricardo fez questão de…