STJ nega recurso movido por Guilherme Maluf

Presidente do TCE-MT, Guilherme Maluf

A Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça (STJ), negou nesta segunda-feira (11.11) o recurso movido pelo Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso, Guilherme Maluf, para que o julgamento dos possíveis crimes eleitorais cometidos durante o exercício da função de Deputado Estadual, fossem julgados pelo STJ.

 

A corte considerou que com o fim do mandato de Deputado Estadual, o julgamento deverá ser realizado pela Primeira Instância.

 

Mais informações AQUI

Compartilhe

Publicações Relacionadas

De volta ao Tribunal de Contas do Estado (TCE-MT) após quatro anos e 10 meses de afastamento, o conselheiro Sérgio Ricardo fez questão de…