Tribunal de Justiça de Mato Grosso autoriza pagamentos extemporâneos a juíza leiga de Cuiabá

juiza leiga ingrid

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), autorizou o pagamento de despesas extemporâneas da juíza leiga Ingridy Taques Camargo, a pedido da juíza do Juizado Especial da Fazenda Pública, Gabriela Carina Knaul de Albuquerque e Silva, da Comarca de Cuiabá-MT.

 

Segundo a decisão, que consta no Diário de Justiça Eletrônico de hoje (15.10), foram encaminhados por meio de ofício, notas fiscais e documentos pertinentes à produtividade da juíza leiga Ingridy Taques Camargo, no mês de setembro de 2019.

 

A decisão do TJ-MT considerou que o profissional credenciado como juiz leigo é remunerado por abono variável, por sua atuação em favor do Poder Judiciário do Estado de Mato Grosso, por isso o pagamento, por meio de indenização, foi autorizado.

Compartilhe

Publicações Relacionadas

A Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR) promoverá, na sexta-feira (3), o primeiro encontro da série “O Ministério Público Federal e a proteção…