Reforma da Previdência é aprovada em primeiro turno no Senado com 56 votos favoráveis

Presidente do Senado, Davi Alcolumbre
Resultado de imagem para Davi Alcolumbre
Davi Alcolumbre

Foi aprovada na noite desta terça-feira (01.10), em primeiro turno no Senado, a Proposta de Emenda à Constituição da reforma da Previdência (PEC 6/2019).

A proposta ainda precisa passar por três sessões de discussão antes da votação em segundo turno. O objetivo com a reforma da Previdência, segundo o governo, é reduzir o rombo nas contas públicas.

O texto foi aprovado com 56 votos favoráveis e 19 contrários. Para evitar uma nova análise da Câmara dos Deputados, que atrasaria a promulgação, foram feitas apenas supressões e emendas de redação. Os pontos sobre os quais não havia consenso foram desmembrados durante a análise da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e passaram a tramitar como PEC paralela (PEC 133/2019), que também está sendo analisada pelo Senado.

A maior parte das emendas apresentadas foram rejeitadas pelo relator durante a análise na CCJ e, depois, na votação das emendas feitas em Plenário. Na votação ainda foram apreciados quatro dos dez destaques apresentados pelos partidos. Os demais tiveram a votação adiada para esta quarta-feira (02.09), à partir das 11h.

Compartilhe

Publicações Relacionadas

De volta ao Tribunal de Contas do Estado (TCE-MT) após quatro anos e 10 meses de afastamento, o conselheiro Sérgio Ricardo fez questão de…