Justiça em Números: TJMT é o 2º mais bem avaliado entre tribunais de médio porte

TJ-MT-logao

O relatório Justiça em Números 2019, divulgado nesta quarta-feira (28/08) pelo Conselho Nacional de Justiça, comprova o empenho de magistrados e servidores do Poder Judiciário de Mato Grosso para prestar um serviço cada vez mais eficiente à sociedade. O Índice de Produtividade Comparada da Justiça (IPC-Jus) do Judiciário de Mato Grosso, levando em consideração o 1º e o 2º graus e a área administrativa, foi de 94%, dez pontos percentuais acima da média nacional (84%). Os números colocam novamente o tribunal mato-grossense como o segundo mais bem avaliado dentre os dez tribunais estaduais de médio porte. Em âmbito nacional, o Judiciário de Mato Grosso ocupa o 8º lugar.

O Relatório do CNJ mostra também que o Judiciário de Mato Grosso foi o segundo de médio porte que mais recebeu novos processos (11.396 casos novos por 100 mil habitantes). São classificados como tribunais de médio porte os tribunais da Bahia, Santa Catarina, Pernambuco, Goiás, Distrito Federal e Territórios, Mato Grosso, Ceará, Espírito Santo, Maranhão e Pará. Empatados em primeiro lugar no IPC-jus estão o TJDFT e o TJBA, com índice de 100%.

Todos os dados relativos ao Judiciário brasileiro foram apresentados em entrevista coletiva com o presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, no lançamento do Relatório Justiça em Números 2019, realizado em Brasília (DF), na sede do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Leia a matéria completa aqui.

Compartilhe

Publicações Relacionadas

De volta ao Tribunal de Contas do Estado (TCE-MT) após quatro anos e 10 meses de afastamento, o conselheiro Sérgio Ricardo fez questão de…